Xingu, sempre no meu coração!

 Minha bíblia – A Arte dos Pajés de Orlando Villas Bôas

” O Xingu não é só índio pintado de urucum e jenipapo – é, isto sim, um mundo lendário, cheio de histórias fantásticas, nas quais seu povo crê, nas quais nós civilizados, duvidamos, embora não tenhamos como negar”…

Pois assim é o universo xinguano. Um mundo místico onde os corpos são fabricados nas relações sexuais continuadas até que se forme. A reclusão marca a evolução de um estágio de vida para outro e para os Yawalapiti isso reflete também uma mudança no corpo.

Na cultura Yawalapiti a reclusão pontua quase tudo, garante a privacidade e manutenção do equilíbrio para viver as transformações. O Xingu me encanta, as lutas, os cantos, os choros, o rio, o peixe traduzem o significado de uma sociedade simples e singular.

Parte da minha alma reside no Xingu!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s