There ain´t no cure for love!

Como não amar Leonard Cohen?

Não há cura para o amor
Leonard Cohen

Eu te amei por um longo, longo tempo
Eu sei que esse amor é real
Não importa se tudo deu errado
Isso não muda o que eu sinto
E eu não posso acreditar que com o tempo
Vou curar esta ferida que eu estou falando
Não há nenhuma cura
Não há nenhuma cura
Não há nenhuma cura para o amor

estou sentindo dor para você amor
Eu não posso fingir que eu não estou
Eu preciso ver você nua
Em corpo e pensamento.
Eu tenho você como um hábito
E eu nunca vou te ter o suficiente
Não há nenhuma cura
Não há nenhuma cura
Não há nenhuma cura para o amor

Todos os foguetes estão subindo para céu
Os livros sagrados estão abertos
Os médicos trabalham dia e noite
Mas eles nunca vão achar a cura para o amor
Não é não beber nenhuma droga
(Ah diga-lhes os anjos)
Não há nada puro o suficiente para ser a cura para o amor

Te vejo no metrô, eu vejo você no ônibus
te vejo deitada comigo, eu a vejo acordar
eu vejo suas mãos, eu vejo o seu cabelo
seus braceletes e seu pincel
Eu te chamo, te chamo
Mas eu não chamo suave o suficiente.
Não há nenhuma cura
Não há nenhuma cura
Não há nenhuma cura para o amor

Entrei nesta igreja vazia, Eu não tinha outro lugar para ir
Quando a voz mais doce que eu já ouvi, sussurrou para a minha alma
Eu não preciso ser perdoado por te amar tanto
Está escrito nas escrituras
Está escrito lá no sangue
Eu até ouvi os anjos declará-lo lá de cima;
Não há nenhuma cura
Não há nenhuma cura
Não há nenhuma cura para o amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s