A luz do dia!

É tarde da noite, você está cansada e mesmo assim entra em discussão com seu companheiro.
Não importa o quanto tentem explicar suas razões, desculpar-se por um atraso, por uma palavra mal dita, vocês entrarão numa zona de conflito insuperável, naquele momento, exatamente porque não é este o momento para discutir.
A beira da cama não deve haver conflitos, assim dizem os ditados populares.
A noite chega e trás consigo toda carga do cansaço do dia.
A pressão, o tempo, o trânsito, os filhos, as contas…não cabe mais nada racional. Mas é nessa hora que explodimos!
Nunca fui boa de discussão. Na hora da briga séria eu penso no beijo, eu me distancio e viajo…não revido, porque já não ouço…
Aprendi a levantar-me e enfrentar os problemas à luz da manhã, com o corpo são, alimentado e descansado as respostas podem ficar mais evidentes, os argumentos outrora desconexos, podem adquirir rima. O café pode selar o ressentimento ou o convencimento.
De manhã não há tempo para avolumar o problema, não há escuridão para esconder a indiferença.
Você e eu e nossas diferenças expostas a luz do dia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s