É preciso abandonar a zona de conforto

Para vivermos nossos sonhos, devemos nos esticar para além da nossa zona de conforto e experimentar coisas novas, mesmo quando não sabemos como elas vão terminar. É importante não se abandonar ao medo do desconhecido e confiar que seremos capazes de lidar com os obstáculos e desafios. Nem sempre isso significa saltar sem uma rede de proteção, sem qualquer apoio ou conhecimento do que você está fazendo. Significa simplesmente, dar pequenos passos na direção em que você quer ir.
Pessoas que só assumem o que elas sabem que podem fazer bem, são as que vivem dentro da zona de conforto. É uma tendência natural que as pessoas queiram ficar cômodas e seguras dentro de suas realidades habituais, mesmo sendo, às vezes, infelizes. Mas a segurança deve ser encontrada dentro de nós mesmos. Segurança para participar, contestar, entender e mudar. Sair da zona de conforto é o melhor método de promover o crescimento pessoal e profissional. Pisar fora do barro que amassamos todos os dias demanda coragem e determinação. O crescimento, óbviamente será proporcional à mudança que promovemos ou ao desconforto que talvez, estejamos querendo experimentar. Eu aprendi a crescer numa sensação, nem sempre incômoda, de desconforto. Os desafios não vem mansos e se a mudança não assusta, talvez ela não esteja de fato acontecendo.
Não adianta fazer um acordo consigo para deixar a zona de conforto, é preciso comprometer-se a experimentar um caminho novo, vencer medo, ver para além da fronteira do que os olhos enxergam. Conhecendo bem a si mesmo, você sempre identificará o momento oportuno para uma grande mudança. Cometer erros e de forma responsável aprender com eles é parte desse exercício.
É preciso, assim muita coragem para dar um passo atrás de um trabalho ou produto que não estão totalmente prontos. Mas pensa no prazer imenso de lapidar algo com seu conhecimento, com sua perícia. Como será ser desafiado, estar completamente desconfortável fora da sua zona de proteção? Não é bom estar animado, correspondendo à novas expectativas, lidando com novas estratégias?
A nossa natureza conservadora impede nosso movimento e nossa interação com o que é novo. Mas vale espiar e conhecer novos valores, culturas diferentes, novas políticas que estão sendo implementadas aqui e ali. Não deixa, porém, de ser um desafio encontrar pessoas cujos valores se assemelham aos nossos, mas se quisermos crescer, há um vasto mundo de possibilidades também nos espiando. A zona de conforto nos protege de perigos, muitas vezes, apenas imaginários. Perceba que sair da sua zona de conforto pode ser também divertido, apesar do que sua mente medrosa pode estar dizendo antes de você começar. Mas lá atrás, todos nós um dia começamos algo novo e certamente temos muitas memórias positivas dos riscos que corremos e das chances que aproveitamos. Nada excitante, divertido e importante acontece quando nos calamos.
Muitas pessoas se dispuseram a sair de suas zonas de conforto na semana passada, para discutir temas polêmicos, que podem interferir diretamente na vida dos indivíduos; o transporte coletivo intermunicipal e a implantação do VLT em Cuiabá. Esses, deixaram suas casas cedo, com muita chuva na quinta-feira e soltaram suas vozes contra, a favor, pediram explicação, ouviram e foram ouvidos. Os que não foram, bem… sair da zona de conforto também significa estar mais envolvido nas conversas, exercitar pessoalmente os direitos, sensibilizar-se com as situações sociais, ir ganhando coragem, se expondo gradualmente, independentemente de quem você é, onde você mora.
Vivenciar a cultura de apoiar, encorajar e promover a tomada de risco e incerteza, vai deixar você mais corajoso quando chegar a hora de pular de cabeça rumo ao desconhecido. Mas se você olha para o caminho que você está seguindo e gosta de onde você está, você pode sentar-se e aproveitar o passeio. Mas se você vê onde está indo e não gosta do destino, a única solução é abandonar sua zona de conforto, o que significa que você tem que saltar e mudar para uma nova pista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s