Tempo de maturação

O universo tem paciência proverbial. Se precisamos aprender alguma coisa, alguma verdade a um novo nível de consciência, compaixão e confiança, há uma conspiração para que tenhamos a oportunidade de aprender essa lição, embora normalmente chamamos essas oportunidades de estresse, problema, provação e perseguição, porque temos uma fonte quase infinita de formas negativas de ver os tempos difíceis, que muitas vezes são oportunidades inestimáveis para aprender, crescer e confiar, além de evoluir. Isso é maturação.

O primeiro passo é mergulhar nos momentos escuros, ficar em contato com a realidade nua e crua, avaliar com retidão as possibilidades de avançar, recuar ou simplesmente esperar. A maturação é esse momento em que a espera é feita de observação, de reticências, dúvidas e por que não? de muito medo. Maturação não é somente uma palavra. É a arte de perder a pressa, de não responder no afogadilho habitual, de não ceder ao que o outro quer, de conter a palavra que vai ser mal interpretada.

Quando domamos a técnica de não disparar o gatilho ao primeiro sinal de ameaça, estamos aprendendo a enxergar através de uma boa lente, através da qual se pode ver as circunstâncias que poderiam ser muito carregadas emocionalmente. Isso aplica-se nos relacionamentos da vida pessoal, social e sobretudo na política, onde os processos são cada vez mais antecipados e um ano a frente já é discussão do passado.

A maturação do vinho faz muita diferença na qualidade do produto. O tradicional vinho do Porto reserva, tem a fase de envelhecimento de 7 anos, os Tawnies envelhecidos, considerados especiais levam de 10 a 40 anos, os incomparáveis californianos Chateau Montelena Cabernet e Geyserville Zinfandel datam de1992 e 1978, respectivamente. Tempo necessário para depurar a textura e o aroma e para ganhar maciez e elegância. Também nós devemos fazer uso do tempo para pacificar as expressões de vingança, raiva e insegurança e aprender a perceber o outro a partir de um estado de equilíbrio e elegância. A evolução e crescimento pessoal é uma meta do ser humano, que deve estar sempre vigilante contra a maré da impaciência, da avidez e da sofreguidão.

A vida pode ser fácil. A evolução é arte. Viver, às cegas, com respostas prontas, atitudes de massa é precipitar-se no abismo incontestável que engole os afoitos. Evoluir é um processo lento nesse universo que é infinitamente paciente com nosso crescimento, com o detalhamento das fases de conversão, isolamento, descobertas e transformações, que começam com a integração da sombra e do ego potencialmente maduros. E o que temos à nossa disposição é uma enorme capacidade de assumir o comando da nossa própria maturação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s