Deixe a vida florescer!

Talvez eu tenha me perdido no caminho do meu objetivo, ou talvez eu nunca tenha encontrado o meu propósito em primeiro lugar.
Talvez eu soubesse exatamente o que deveria alterar, mas não alterei. Teimei e segui. Agora não tenho certeza por onde recomeçar. A vida nem sempre se apresenta clara, certeira. Sei que estou bem, mas bem é estar feliz?
Qualquer coisa que não seja a liberdade me é demasiadamente pouco, a paz deve ser profunda, plena, silenciosa. Sinto que preciso mais do que tenho. Esse contentamento golpeia, não preenche. Preciso tocar os objetivos reais, equipar-me com mais coragem e encontrar as respostas que busco. É tempo de deixar a minha vida florescer!
Intuitivamente eu sempre soube que o caminho estava desviando-se, que a realidade estava a causar danos na minha alma. E minha alma é afeita a desafios, desaforos. Minha alma é forte como forte é minha determinação de mudar a forma de perceber o mundo, as pessoas, a realidade. Estou a buscar a cura para o que me intriga, para o bem que não consigo praticar. Isso me afeta profundamente, por que cavei muito fundo no meu coração, plantei o bem e o mantenho prisioneiro lá dentro. Preciso deixar o bem florescer!
Se escolhi agora olhar para fora de mim mesma neste momento de intensidade emocional, não há culpas, mas não pode haver desculpas ocultas nem posso ficar trancada nessa prisão emocional, onde não há oportunidade de cura. Em vez disso, devo olhar para dentro de mim mesma e não deixar-me perturbar ou sentir medo. Nada pode roubar-me o precioso tempo, a energia e o pensamento limpo. Há um potencial sagrado em meio ao caos. Eu quero libertar-me de toda essa loucura, da indiferença, da arrogância, do descaso,para fazer a diferença no mundo.
O caos convida para dançar, posso declinar o convite e encontrar uma maneira de me mover através do dia-a-dia, às vezes experimentando o que é menos do que o ideal, mas sem comprometer a mente, o coração e o corpo. O que eu quero vem de dentro. È a emoção de estender a mão, de dar uma resposta, de acolher, de liberar novas crenças e sensações.
É assim que vou cultivar um estado de paz interior, o que permite que o corpo se cure. Se você está aqui nesse mundo e eu posso ter a oportunidade de cuidar de você, esta é uma razão para eu cultivar a cura, libertar-me, deixar a minha alma florescer, fazendo o que acredito que cresci para fazer, num novo caminho, de verdade e paz.
Tento e só agora percebo que não mais posso adiar ou evitar esse verdadeiro alinhamento dos meus desejos e necessidades. Eu tenho a pretensão de desfrutar a felicidade e a beleza nesse caminho verdadeiro. É, chegou o momento inevitável de deixar a vida florescer!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s