Uma visita ritual

A dinâmica da vida política e social é carregada de metáforas que escondem ou ao contrário, expõe, a pormenorização das mensagens que emitimos. O aspecto simbólico dos rituais contribuem para esclarecer aspectos da vida social. Quando pensamos em ritual, a ideia que nos vem a mente é quase sempre de algo arcaico feito para celebrar momentos especiais, mas não é isso.
Os rituais são as formas simbólicas e repetidas de poder, de descrição esmiuçada, às vezes sem palavras, de cenários e representações que falam por si. Ao ler Victor Turner, eu fui remetida à minha lida diária com eventos públicos, presididos por pessoas que detém o poder. Turner reforça que os rituais encenam histórias poderosas, tradições seculares, que são traduzidas em ritos que dizem muito. Na verdade a simbologia dos ritos pode significar o enquadramento das tradições, que precisa de movimentos minimamente coreografados para transportar sujeitos de verdade ao mundo das representações simbólicas.
Cada evento é único e somente a criatividade pode quebrar a rigidez das regulamentações hierárquicas. Os rituais acontecem sob certas condições e prioritariamente precisa de público para acontecer. É preciso ter competência para comunicar com a plateia, empatia para transmitir o pensamento de forma que as entrelinhas possam ser lidas e assimiladas.
As figuras públicas se expressam por meio de rituais ordenados, que favorecem a transmissão das mensagens e das imagens. Todo ato com a presença da presidente da República, não é um acontecimento meramente casual. Ao contrário, são utilizados mecanismos eficientes de comunicação para levar a mensagem ao destino certo.
Escolhi estudar Antropologia das Formas Expressivas esse ano e agora ao estar na coordenação dos preparativos para a visita da presidente Dilma Rousseff ao Estado de Mato Grosso, posso constatar que a organização desse ato é constituído por um conjunto de pequenos atos simbólicos, embora a visita ocorra numa área de plantio, com certa informalidade. O desembarque, o lugar de passagem, a distribuição do público, a arte por trás do palco, tudo cuidadosamente verificado e aprovado.
A maior autoridade do País se movimenta hoje aqui, cumprindo agenda e rituais inerentes ao poder por ela exercido, observando as tradições, fortalecendo as relações com os antepassados. Há simbologia em todas as atividades, em todo o material envolvido na construção do cenário. Tudo ressalta os aspectos políticos dentro do conceito da manutenção dos ritos do poder, sem distrações que possam desvalorizar os rituais. Devemos estar atentos aos gestos, expressões, pois o corpo é um veículo que transporta muitos significados, que contextualizados, podem traduzir as diversas formas, através das quais, nos comunicamos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s