O que prego, o que sou

Inevitavelmente a hora chega.
É preciso assumir os planos e viver o que pregamos.
Se queremos ser felizes, falemos de felicidade, façamos outros felizes
Para transformar a vida, comecemos moldando nosso interior,
flexibilizando as ideias radicais.
Aceitando o imponderável como fruto do amadurecimento.
Fugir até quando esgotar o medo, até contar o último segredo.
Agora, nada mais impede.
O caminho se abre diante dos passos largos e firmes.
Não ser sombra, não ser vontade.
Ser livre, ser inteira!
Abracar o dia com alegria,
tratar os seres, humanos ou não, com gentileza.
A hora para mim chega, assim precisa ser
Não posso fugir de mim mesma.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s