Falsa Consciência

No mundo desenvolvido ou em desenvolvimento, muitos países em muitas partes do mundo não avançaram muito em termos de dignidade no tratamento dado às mulheres. A violência, sobretudo doméstica é muito preocupante. As mulheres estão sim, tendo mais facilidades para encontrar empregos, mas isso não significa que estejam sendo valorizadas como deveriam, tampouco integradas como parte legal do sistema político. Mulheres ainda são tidas como boas auxiliares, quase nunca atuam como artistas centrais das tramas.
O Dia Internacional da Mulher é nada, senão uma oportunidade ótima para refletir e aumentar a consciência sobre como podemos contribuir para melhorar nossa performance na aceitação do desempenho de nossas funções. É dito que temos forte tendência para transferir conhecimento, somos mais reflexivas e amorosas. Então é na construção do relacionamento com nossos pais, companheiros e filhos que vamos nos colocando corajosas, que vamos ensinando e cobrando respeito e atenção.
As mulheres são conhecidas por serem mais práticas, mais próximas à natureza, preocupadas com questões de segurança, capazes de executar tarefas múltiplas e, além de tudo, são a fonte da vida, trazem crianças ao mundo. Se efetivamente somos melhores transmissoras do conhecimento, temos que nos aprofundar até esgotar o esforço para estancar toda forma de violência contra as mulheres.
Violência que não está contida numa cultura, numa região ou num país, nem a grupos particulares de mulheres. As raízes da violência contra as mulheres decorrem mesmo da discriminação persistente que sofrem até os dias de hoje. A forma mais comum de violência experimentada pelas mulheres em todo o mundo é a violência física, até homicídio, praticado pelo parceiro atual ou anterior. Enfim, as mulheres enfrentam múltiplas formas de discriminação e risco premente de serem vítimas de violência.
Faz sentido reconhecer que quando maiores oportunidades são oferecidas às mulheres, crescem também as perspectivas de tornar o mundo um lugar mais pacífico e estável. A presença das mulheres é vital para e para contornar os conflitos domésticos, assegurar que os filhos frequentem a escola, que recebam tratamento médico, que sejam livres. É verdade que a maioria das mulheres carregam fardo maior que a maioria dos homens no decorrer de suas existências e que suas vozes são raramente ouvidas. Não me ative a examinar, mas possivelmente os países que valorizam e dão crédito às mulheres nas tomadas de decisões sejam mais estáveis e seguros?
Avanços pontuais, pessoais, claro que existem em todas as áreas. Mas a desigualdade existe mesmo e muita. No cenário político do Estado, votados pelos eleitores, não temos nenhuma senadora, nenhuma deputada federal, apenas duas deputadas estaduais, uma vereadora na capital e de 141 prefeitos, apenas 19 são mulheres. Então, espero um pouco mais para celebrar as conquistas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s