Em paz

Os dias sem sossego. As noites em paz. Os dias e os planos. A noite e os sonhos. A vida segue entre tormenta e calmaria, visitando lugares ocultos na alma, ouvindo a voz que clama e não cala.

O que faço aqui debruçado nesse abraço?

O que busco é a incerteza do tempo,  a imensa vontade de fechar os olhos e deixar…passar as horas, passar a estrada que me levaria embora.

Tenho repetidamente experimentado emoções extraordinárias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s