Capilaridade e estrutura

A análise de conjuntura política revela-se uma tarefa extremamente complexa, e intelectualmente desafiadora. A eleição é um evento que mexe com a emoção, com as expectativas e com as aspirações das pessoas. A eleição é antes de mais nada, um julgamento, onde segundo os próprios critérios e juízos de valores, os cidadãos fazem suas escolhas.

Se cada eleição nos ensina alguma coisa é que cada voto conta muito. Não podemos estar ocupados demais para participar do processo político ou simplesmente dizer que não nos sentimos atraídos por nenhum candidato.

Francisco Ferraz, professor de ciência política e ex-reitor da UFRGS afirma que interpretar os processos políticos, relacionando os eventos entre si e com a sociedade, é interpretar a história no exato momento em que ela está ocorrendo. Portanto, a análise de conjuntura é um empreendimento intelectual que supõe conhecimentos sólidos, de amplo espectro e dotados de consistência metodológica.

Tocqueville ao fazer análise da sociedade americana, aprofunda-se na observação dos hábitos políticos dos americanos, estuda os padrões sociais e culturais evidentes no cotidiano. Analisa como as características estruturais sociais, culturais e históricas determinaram a forma de democracia que lá se instituiu e o impacto da democracia política na vida familiar, na cultura, nos valores e na forma de viver dos americanos.

Estrutura, conjuntura e capilaridade política são expressões comumente utilizadas na linguagem da política, em todos os tipos de mídia e conversas entre candidatos e assessores. O entendimento dessas palavras, contudo, não é frequentemente assimilado, embora sejam termos técnicos da ciência política.

Na realidade, viabilidade e grana são os sinônimos mais diretos das palavras capilaridade e estrutura respectivamente, principalmente para enrolar candidatos e eleitores novos. Auxiliares apresentam-se para as campanhas reiterando a velha máxima que fazem política e campanhas por pura paixão, que está no sangue e nem buscam compensação financeira. Querem apenas “estrutura” para levar o nome do candidato. E aí está embutido do salário ao carro, combustível e contratação de parentes para atuarem como cabos eleitorais. Portanto, em linhas gerais, um termo completa ou contempla o outro. Quem tem capilaridade consegue apoio financeiro e quem tem boa estrutura financeira viabiliza a própria candidatura.

A capilaridade resvala na decolagem da candidatura, na tendência de subir e ocupar espaço. Nas plantas a capilaridade representa o modo como esses seres conseguem levar a água com os nutrientes necessários à sobrevivência, desde suas raízes até às folhas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s